Mestre de Um 3

 

As 3 Chaves para a Maestria

Nos últimos dias, foi mostrado por que os cristãos deveriam se concentrar em buscar o domínio de uma coisa de cada vez profissionalmente e o que devemos procurar como nosso “negócio”. Hoje, veremos como você pode alcançar maestria em seu ofício para a glória de Deus e o bem dos outros.

Na extensa pesquisa da equipe para o Mestre de Um (Master of One), três chaves para dominar qualquer vocação surgiram com frequência.

Chave #1: Aprendizagem

Em Tiago 4:6, somos informados de que “Deus é contra os orgulhosos, mas é bondoso com os humildes.” A fidelidade do Senhor a essa promessa brilhou intensamente em nossa pesquisa. Mais do que qualquer outra qualidade, a humildade marcou as histórias de todo mestre seguidor de Cristo que entrevistei.

Depois de encontrarmos o trabalho no qual vamos nos aprofundar com unhas e dentes, é de grande importância que nos humilhemos e procuremos a orientação de outras pessoas que já são mestres em nosso campo escolhido.

Chave #2: Prática Intencional

Sabe-se que os mestres em qualquer campo passam milhares de horas praticando seus trabalhos. Mas aqui está algo menos conhecido: apenas o que os pesquisadores chamam de “prática intencional” por longos períodos de tempo é que leva à maestria.

A prática intencional é caracterizada por quatro coisas: objetivos específicos, foco intenso, desconforto frequente e, talvez o mais importante, feedback rápido.

Como diz Provérbios 12:15: “O tolo pensa que sempre está certo, mas os sábios aceitam conselhos.” Para o cristão, o propósito da maestria não é nossa própria fama e fortuna. Buscamos o domínio principalmente para a glória de Deus e o bem dos outros. E é simplesmente impossível saber se estamos amando e servindo bem aos outros através do nosso trabalho se não procuramos regularmente seus conselhos e feedback.

Chave #3: Disciplina ao longo do tempo

Para se tornar verdadeiramente um mestre em qualquer vocação, você deve ter a disciplina para passar milhares de horas praticando intencionalmente esse ofício. É por isso que é tão importante reservar um tempo adequado para explorar muitas oportunidades de carreira diferentes antes de optar por se comprometer com qualquer uma. Porque não basta fazer uma escolha. Para realizar nosso trabalho da forma mais magistral para a glória de Deus e para o bem dos outros, precisamos encontrar uma vocação com a qual valha a pena permanecer comprometido por um período significativo de tempo. Como as Escrituras nos lembram vez ou outra, nada mais do que “O homem esforçado mandará nos outros, mas o preguiçoso se tornará escravo” (Provérbios 12:24).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.